Sim, verdade, hoje aps 4 anos de longa e penosa abstinncia, quebrei a regra, bebi alcool, quer dizer no se pode dizer que tenha bebido, apenas provei (mais precisamente dois golos), deu para matar a saudade! O motivo era especial, o meu chefe, o Jesus (sim, a malta chama-o assim, Antnio Jesus), fez pela primeira vez no ano passado a vindima das suas uvas, que deram origem ao vinho que hoje provei! Estava excelente, quer dizer, eu no nem um expert, e quatro anos sem molhar a lngua, aquilo at podia ser pomada que eu gostava! He!He! Mas a verdade que quem provou, gostou! Por isso parabns ao Jesus, pela colheita!

A Patrcia acompanhou a prova com ar reprovador, mas a verdade que segundo o meu mdico eu at podia beber mais (s vinho, nada de merdas espirituosas!), simplesmente, por opo, decidi no o fazer, prefervel prevenir do que remediar! Por, a prova, foi a excepo regra! Mas que soube bem, soube!