Com a vespertina da manhã, deu-me para ir correr, provavelmente amanhã
estou de rastos, não ando a fazer muito desporto ultimamente, por isso fui
correr, não acordei a Pat, que ela bem precisa de descanso, além disso
correr não lhe fará nada bem à coluna, 15 minutos depois estava de volta,
uma corrida à volta do quarteirão, confesso que soube bem, mas deu para
atestar que realmente não estou em forma e tal como o médico sugeriu pode
ser isso que leva à falta de sono.

Depois da conversa de quinta com o nosso coordenador, eu e o João deitamos
mãos ao trabalho. Combinamos que hoje ia ter com ele a Lisboa, amanhã vem
cá ele.

Confesso que a coisa hoje estava fadada a não adiantar muito, porque havia
imensas questões por resolver e como não ando a dormir bem, acabo por
ficar meio lerdo das ideias durante o dia, a juntar que a vontade que tinha
de me meter à estrada neste estado não era muito, mas lá arranjei coragem
de ir! Na verdade estivemos muito pouco tempo juntos, mas penso que ainda
assim adiantámos alguma coisa, mas voltei para setúbal depressa porque
não queria conduzir de noite neste estado…

Estou de rastos, só espero conseguir dormir melhor…