Faz hoje dois anos que fui a um Pic-Nic no esturio do Sado.
Faz hoje dois anos que resolvi pedir em casamento a Patrcia.

Em jeito de tradio semi-recente (2 anos) resolvemos ir mais uma vez ao dito pic-nic com alguns amigos e famlia, ainda tirmos umas fotos mas o estado de esprito no tava para a virado e as fotos no sairam grande coisa!

sempre espectacular passar um dia no campo, embora este campo seja de facto beira-mar, o local escolhido tem sido sempre o mesmo, desde de que o tempo permita, bem no esturio do Sado, junto a viveiros de piscicultura, que para alm de serem locais nicos, nos surpreendem pelos nmeros envolvidos!

Nestas coisas, h sempre quem v de manh para chegar de acordo com a mar, apanham-se os mariscos, preparam-se as grelhas! Eu pessoalmente chegou mesmo hora do almoo, primeiro porque o cansao mais que muito, segundo porque no gosto de marisco, por isso para qu levantar cedo! 😉

Mesa posta, peixe assado, bom po, bem regado, mas o mais importante um local para bater uma soneca ps almoo! Acho que no deve haver ningum que no goste de dormir uma bela da soneca na praia ou no campo, com todos aqueles sons em volta? Porra eu adoro.. inevitvel, acho que me deixei dormir mal a comida atravessou o esfago.

J quase ao final da tarde, aproveitamos uma boleia e dmos uma voltinha de barco, acho que nunca tinha visto peixes aos saltos a acompanhar o barco ao estilo de golfinhos. Acho que nunca tinha visto esta cena! Quase que dava vontade de levar uma daquelas redes de caar borboletas e apanhar uns quantos! Era preciso s gostar um bocadinho mais de comer peixe! 🙂

Ainda se vai descobrir um dia que esta coisa das cidades tem de mudar radicalmente, porque afinal o que o nosso corpo gosta e manda mesmo isto, contacto com a natureza, com menos luz artificial e mais sol, menos ar condicionado e mais ar puro, enfim, tudo aquilo que tentamos recriar nos nossos ambientes modernos e que nos obrigam cada vez mais a afastarmo-nos daquilo que nos trouxe at ao sculo 21…