Foram 4 dias intensos de formação em Bricolage, um content-manager
desenvolvido usando Mason, que por sua vez foi desenvolvido em Perl, tudo a
funcionar num Apache com ModPerl. A formação foi dada pelo David Wheeler,
que para minha surpresa não era geek, nem sequer informático, é certo que
tinha um Powerbook de 17″ (que mais se parece com um tabuleiro, do que
própriamente com um portátil, mas é uma curte! ;), o David na verdade era
antropologo/arqueologo, que embora eu julgasses serem especialidades
distintas, lá por terras do Tio Sam, parece haver um dois em um! Os
primeiros dias foram problemáticos, a maneira de ser dos Americanos
choca-se com a nossa maneira tuga de ser e estar, somos cordeais e não
lidamos bem com a arrogância típica de muitos Americanos.

Ao segundo dia a coisa amainou, pareceu-me sinceramente que o David estaria
um pouco “queimado” com outra vinda a Portugal, (há dois anos atrás, nessa
altura patrocinada pelos amiguinhos da PT) por isso não me surpreendeu que
ele não estivesse preparado para ser bem recebido! No final, pareceu-me que
ele curtiu conhecer-nos e perceber que salvo um ou dois conhecidos porreiros
que tinha por cá, afinal havia mais portugueses porreiros! O tipo lá
voltou ao quarto dia para os states, ainda levou algumas ideias tugas na
bagagem, certo, certo, é que deixou por cá mais seis prós em Bricolage:
Eu, o André, o João, o Zé, a Ema e o Jonas, estes dois ultimos da Novis e
do Clix respectivamente.

Melhor do que a formação em si, foi o regresso a um mundo que me é tão
familiar e no qual gosto genuinamente de trabalhar! Foi uma curte, poder
estar de novo ligado todo o dia à rede! Tinha saudades, tinha saudades do
google! É que chegar a casa e lembrarmo-nos ou ter tempo para ver tudo o
que se gostava não chega! Vamos a ver dia 10 de Maio como é que é
funciona o meu regresso a 100% ao Perl e a Net.