Amish Men

Muitas vezes, principalmente naqueles dias em que o trabalho parece ter tomado conta dos meus dias, parece surgir em mim um desejo de regresso a uma vida mais calma, esquecer todas as loucuras tecnológicas e as mordomias de uma vida no campo. Claro que depois a febre passa e tudo volta ao normal! 🙂

Talvez por saber que nunca seria capaz, não posso deixar de admirar quem nos dias de hoje, o faz por opção, em particular sempre me fascinou a cultura AMISH, talvez por saber tão pouco dela, talvez por parecer tão austére, enfim… A verdade é que no meio do diário da travessia dos states em Segway a 10mph encontrei uma entrada onde relatavam uma paragem que fizeram numa padaria Amish, pelos vistos deliciosa!

Como uma coisa puxa a outra, fiz uma pesquisa no google sobre Amish e acabei a ler um conjunto de artigos bastante interessante onde pude ler um pouco mais sobre a história, costumes, práticas e conflitos deste “estranho” modo de vida (digo estranho, porque depois de ler o artigo não o achei tão estranho assim!). Fiquei a saber coisas interessantes como por exemplo que este movimento iniciou-se na Europa no séc. XVIII e achei fascinante ler sobre os diferentes modelos de sustentabilidade que eles adaptaram aos seus costumes.

Enfim, de vez em quando é giro ler umas coisas assim para nos sentirmos bem com toda a tralha techy com que vivemos! 🙂