Foi uma surpresa agradável, mas o Hugo Silva, do LisbonLab, pediu-me se não me importava de responder a algumas questões em jeito de entrevista, o resultado está aqui (en)!