Bem, na verdade chegámos ontem a Genebra, muito frio, pouco sol e não há neve! 🙁

Acerca da EasyJet, só posso dizer que a minha experiência de andar de avião foi relativizada a apanhar um autocarro! Com as devidas diferenças claro! No entanto a verdade é que o serviço foi muito bom, um ligeiro atraso, mas nada que fizesse um tuga passar-se. Chegámos a Genebra tardissímo (pelo relógio de inverno deles pelos vistos!), umas 23h e qualquer coisa, um aeroporto deserto e uma viagem cara mas rápida até ao centro da cidade. O condutor era ou pelo menos falava espanhol! O guia () tinha razão, andar de taxi aqui é para ricos e famosos, é mais ou menos como ser roubado durante o dia, neste caso nem dia era!

06:20 da manhã, hora portuguesa, e já nos preparávamos para ir a pé até ao local da LIFT, a uns escassos 2 Kms, o frio é que foi pior! A LIFT começou bem, ainda não tinha entrado no edifício já estava a encontrar gente conhecida, primeiro o Paul, depois o Laurent e o Hugo, registo feito, um coupon de almoço futurista no bolso e a LIFT começou.

As minhas notas vêm depois com calma, entretanto há fotos (23people, flickr) e videos para quem quiser ir dando uma olhadela.