Ontem durante a hora do almoço, dei um salto com o Hugo e o André até à estufa fria, a ideia era ver uma sala por causa de um projecto que estamos a ajudar a organizar. Acho que não ia à estufa fria desde miúdo, e não me canso de pensar como é possível um espaço tão único como aquele estar ali, bem no centro de lisboa, praticamente deserto… enfim.. é fantástico e transpira a calma que falta uns metros à frente no marquês, deu para tirar umas fotos engraçadas: