Para muitos Setubalenses como eu, Tróia é aquele um daqueles pedaços de terra em Portugal que ainda não foi estragado pela construção desenfreada e muito embora todos acreditemos que é possível um desenvolvimento sustentado desta região, a verdade é que os exemplos contrários são muitos pelo País fora, basta talvez olha para o outro lado do rio em direcção à Serra da Arrábida…

Quando as obras começaram eu temi o pior, no entanto hoje ao ver um vídeo sobre o projecto de implantação para Tróia, quero acreditar que não só irá ser possível como ainda nos vamos todos orgulhar deste pedaço de terra. E em particular acreditar que se pode em Portugal fazer um desenvolvimento sustentado, não somente em termos económicos, mas também em termos ambientais, tendo em consideração as particularidades do meio ambiente envolvente.

Vejam o vídeo da Arqui300 para a Sonae Turismo:

Estas coisas no papel, e neste caso, em vídeo parecem sempre melhores do que depois na realidade, mas sinceramente gostava muito que o vídeo se viesse a concretizar numa realidade, não só qualidade que o projecto traria à muito deficitária oferta da região no que toca a Turismo, mas também pelo claro impacto económico que um projecto destes pode trazer para a muito deficitária região da cidade de Setúbal, seria muito bom de facto…